sexta-feira, 22 de julho de 2011

Silêncio do Poema

SILÊNCIO DO POEMA

Silêncio.
Silêncio fala,
Silêncio GRITA.
Silêncio, Silêncio Mentira.
Silêncio do ego. Silêncio da Inspiração.
Silêncio do Pecado.
Silêncio Sentimento Fragmentado.

SILÊNCIO, silêncio da imaginação.
Silêncio presente sem sentido,
Silêncio perdido.
Silêncio Emoção.
Silêncio para Morte.
Silêncio da Verdade,
Sentir  o Amor em Silêncio.
Fernando Matos


Um comentário:

  1. PARABÉNS AMIGO ADOREI!!O POETA E UM MENSAGEIRO DE DEUS!!BJOS ILUMINADOS

    ResponderExcluir